Tempo estimado para leitura deste texto: 2 minutos

Posicionamento

 

 

Vivemos uma grave crise política brasileira. No segundo turno das eleições de 2018, dois projetos de país bastante distintos estão em disputa pela presidência. O Projeto Âncora torna público seu posicionamento em defesa da educação, dos direitos dos grupos oprimidos historicamente, dos cuidados com a ecologia, do fomento à cultura e do espaço ao diálogo.

Somos uma organização democrática e observamos que neste momento a democracia está em risco. Isto porque um dos caminhos políticos, o apresentado pelo candidato Jair Bolsonaro, flerta com a militarização e com o reforço de figuras autoritárias, o que se contrapõe diretamente com o trabalho que defendemos e desempenhamos aqui.

Buscamos formas democráticas de gestão que convidam nossa Comunidade de Aprendizagem a praticar a liberdade de expressão, capacidade de diálogo e contribuição à sociedade como um todo. É esta a intenção deste manifesto: cuidar para que este conhecimento construído pelas nossas crianças e jovens tenha um ambiente propício para ser exercitado nos anos que virão.

Em nossa ONG/escola vivemos uma rotina em que a corresponsabilização é construída em cada uma de nossas ações. Com isso, acreditamos contribuir com a formação de cidadãos conscientes da democracia e que terão voz ativa, enquanto sujeitos de sua história.

Compreendemos que não há distinção entre o que todos necessitamos em termos de segurança, honestidade, respeito, paz, solidariedade, prosperidade, e tantos outros valores que tornam a vida mais justa e harmônica. A polarização que vivemos está na forma que se escolhe para atender tais necessidades, refletidas nas opções que temos à nossa frente, desde o 2º turno que se avizinha, mas também no que ultrapassa esse momento eleitoral. Não haverá vencedores, tampouco vencidos, pois tudo indica que a maior derrota já foi estabelecida e será sentida por todos: nossa incapacidade de não desumanizar o outro pelas suas escolhas individuais. Nesse sentido, apelamos para que nossas ações sejam pautadas não pelo medo, que causa afinidade por propostas agressivas e que não se provam eficientes a longo prazo, mas sim pelo desejo de realmente encontrar soluções sustentáveis a todas aquelas necessidades que nos são comuns.

O Projeto Âncora, instituição educacional progressista e democrática, possui como vetores principais de sua pedagogia os valores da afetividade, do respeito, da responsabilidade, da honestidade e da solidariedade, defende um Estado que cuide dos mais vulneráveis, a liberdade de expressão, as liberdades políticas, a defesa do meio ambiente, o combate às armas e à lei do olho por olho, dente por dente.

Conclamamos que todos os brasileiros estejam atentos à responsabilidade de impedir a vitória do retrocesso. Que sejamos capazes de potencializar um movimento antifascista pela vitória da democracia!