Tempo estimado para leitura deste texto: 1 minuto

Cotia, fevereiro de 2019 

 E mais um ano voou. Com ele algumas coisas ficaram para trás para que novas chegassem. 2018 foi um ano de preparação e muitas mudanças para que 2019 viesse em grandes proporções. 

Janeiro começou de uma forma diferente, com encontros em roda abertos à comunidade e ao público interno. Um deles foi o de revitalização do espaço, sempre honrando a história que vivenciamos.

Da mesma forma que este ano terá coisas novas, esta carta é o começo deste novo momento: foi escrita coletivamente por educandas e educandos do Projeto Âncora.

Assim como na infância, o Âncora já passou por seu momento de precisar de ajuda para formar sua identidade; assim como a criança, o Âncora já criou sua base; assim como o adolescente, já demos de cara com os nossos erros e acertos; e agora, assim como os jovens, o Âncora e seu público interno estão passando pela fase em que a necessidade de independência, liberdade e responsabilidade surge. Nos preparando para a fase adulta, de sustentabilidade financeira e emocional, autonomia coletiva, comoção cultural e movimentação universitária.

O futuro colorido com que sempre sonhamos chegou e a escola ganhou autonomia. O Projeto Âncora com seu Ponto Cultural; muitas oficinas criativas e diferentes para o contra turno; jovens presentes e comprometidos com o Projeto; novos parceiros e funcionários.

Muitos saíram para semear o que o Âncora tem de melhor e muitos vieram para cultivar os sonhos que nascerão.

O mundo é das crianças, o Âncora é dos jovens, a transformação é nos adultos e a história é dos fundadores.

Grupo de Responsabilidade da Comunicação

Girasois
Ilustração: Luana MF