Tempo estimado para leitura deste texto: < 1 minuto

Link para a matéria do Portal SESC SP:

http://centrodepesquisaeformacao.sescsp.org.br/atividade/educacao-integral-em-comunidades-de-aprendizagem

 

Educação integral em comunidades de aprendizagem

VOLTAR PARA O INÍCIOEducação integral em comunidades de aprendizagem

Programa

José Pacheco conversará com os participantes sobre as práticas efetivas de escola integral. Para ele, assim como para alguns psicólogos, o desenvolvimento humano ocorre em meio a uma rede de relações sociais, marcadas por um contexto sociocultural específico, sempre como um ato de relação. As pessoas aprendem quando possuem um projeto de vida. De vida com os outros, no mais ínfimo pormenor da relação educativa para “formar” o cidadão democrático e participativo, o cidadão sensível e solidário, o cidadão fraterno e tolerante.

A Escola da Ponte – situada em São Tomé de Negrelos, em Portugal – também é tema da palestra. Essa escola apresenta-se com práticas educativas que se afastam do modelo tradicional. A sua estrutura organizativa facilitada por espaços abertos, com portas móveis, desde o espaço ao tempo e modus operandis, exige uma maior participação dos alunos em conjunto com os orientadores educativos, no funcionamento e organização de toda a escola, no planeamento das atividades, na regulação da sua aprendizagem e avaliação. Esse projeto pedagógico incentivou o trabalho nas escolas EMEF Desembagador Amorim Lima, o projeto Gente (Ginásio Experimental de Novas Tecnologias) da Escola Municipal André Urani, na Rocinha,no Rio de Janeiro, e o Projeto Âncora na cidade de Cotia, São Paulo, dentre outras escolas.

*Esta palestra  integra o ciclo de debates ¨Cultura e Educação¨, composto por encontros independentes que acontece em maio.