Além das visitas e imersões o Projeto Âncora oferece:

 

Fazer Ponte

“Fazer a Ponte no Brasil”

Ao unir as experiências transformadoras do Professor, consultor e palestrante José Pacheco, com os educadores da Escola Projeto Âncora e a coordenação digital e comprometida do professor Wilson Azevedo da Aquifolium o “Fazer a Ponte no Brasil” já formou mais de 1.300 pessoas nos últimos três anos consecutivos. Motivados pela Escola da Ponte em Portugal, fundada pelo professor José Pacheco e que se tornou mais conhecida a partir do livro de Rubem Alves (“A Escola Com que Sempre Sonhei Sem Imaginar que Pudesse Existir”), muitos educadores têm procurado inovar em suas escolas, buscando aplicar no Brasil algumas das ideias e práticas ali adotadas.

 

O curso FAZER A PONTE NO BRASIL, em sua quarta edição, oferece a oportunidade de conhecer melhor a experiência a partir da Escola Projeto Âncora, também inspirada na Escola da Ponte, também co-fundada pelo professor José Pacheco, traduzindo para realidade brasileira a escola dos sonhos de Rubens Alves.

 

O curso é inteiramente on-line e sem horas marcadas, promovendo intensa interação e contribuindo para formação de comunidades virtuais de aprendizagem colaborativa. Os participantes terão seus endereços eletrônicos colocados em um sistema de conferência eletrônica via e-mail com interface web, onde haverá trocas diárias com os coordenadores do curso e educadores envolvidos.

O curso tem 30 horas-aula de carga horária e 15 dias úteis de duração. Recomendamos que o aluno separe um horário diário para dedicar-se à leitura dos textos e das mensagens distribuídas pelo sistema de conferência eletrônica.

 

Acesse o link: Fazer a Ponte no Brasil

Singularidades

 

Autonomia na construção da prática educativa

 

Autonomia vem do grego e significa autogoverno, governar-se a si próprio. Nessa direção, uma escola autônoma é aquela que governa a si própria. No âmbito da educação, o debate moderno em torno do tema remonta ao processo dialógico de ensinar que preconiza a capacidade do educando de buscar resposta às suas próprias perguntas, exercitando, portanto, sua formação autônoma.

 

O projeto Âncora e o Instituto Singularidades ofereceu, em uma parceria inédita, no primeiro semestre de 2017, o curso de extensão “Autonomia na Construção da Prática Educativa”. Nessa parceria, o Projeto Âncora, que é um espaço de aprendizagem, prática e de multiplicação da cidadania no âmbito da Educação Básica e o Instituto Singularidades, que tem como valor a  ressignifição  do papel essencial do professor e da educação na sociedade, se unem para discutir o papel da autonomia na educação.

 

Os educadores têm, na atualidade, a importante missão de formar alunos autônomos, com capacidade de usar seu senso crítico para contribuir de modo positivo e construtivo para a sociedade em que vivem. Mas para promover essa educação autônoma é preciso que o professor também pleiteie e desenvolva sua autonomia em sala de aula. Nesse sentido, o objetivo deste curso é desencadear a transformação pessoal do educador na busca de autonomia na prática pedagógica, visando a reconfiguração de suas práticas educativas.A transformação do mundo só será possível através de uma nova educação.

Tribe

 

The Tribe

O The Tribe. é uma comunidade de pessoas que se unem ao longo de 12 meses, através das redes sociais, para aprender em conjunto e compartilhar experiências e co- criar novas soluções a respeito de algum tema emergente e necessário em nossas vidas. No the tribe. queremos descobrir juntos como realizar a nossa transição para este novo mundo que está nascendo. O que é o the tribe.?

The Tribe num clique

Na nova educação todos nós somos educadores, por toda a vida. Cada um se torna responsável por criar sua própria trilha de aprendizagem e o professor se torna um mentor. Aprender, ensinar e compartilhar conhecimento acontecem naturalmente na escola e fora dela, à partir de quem se é. A nova educação só acontece quando existe um profundo conhecimento da essência de cada um de nós. Visão sobre uma nova educação

 

É uma comunidade de aprendizagem com foco no estudo e na experimentação de novas práticas educacionais em escolas, nas organizações e na cidade. O the tribe. nova educação Nas comunidades the tribe. todos compartilham conteúdo, colaboram e realizam co-mentoria entre os participantes pois acreditamos que podemos aprender o tempo inteiro uns com os outros.

Basta entrar em contato com o Celso Sekiguchi através do email celso@politeia.org.br e solicitar sua inscrição. você será orientado por email quando abrirmos novas inscrições.

Palestras e rodas de conversa:

A procura por novas práticas educacionais é crescente e grande motivação para educadores que perceberam que o modelo educacional do século 19 está obsoleto e precisa de reformas urgentes. Somos solicitados para conduzir rodas de conversa e palestrar em diversas instituições como:

SESCs, SESCOOP, Universidade Anhembi Morumbi, Instituo Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Minas Gerais, Secretaria de Educação vários municípios do Brasil.

Para maiores informações enviar um e mail para victor@projetoancora.org.br